Acusado de violentar paciente durante consulta, médico é preso em flagrante, em Minas Gerais

A mulher precisou ir ao hospital após ser agarrada e ficou constatado que houve abuso.

Na cidade de Uberaba, no Triângulo Mineiro, um médico de 48 anos foi preso em flagrante após ser acusado de abusar de uma paciente. O cardiologista teria cometido o crime durante a consulta e agora a polícia está investigando o caso.

Consta no Boletim de Ocorrência que a vítima contou aos  policiais que teve a consulta antecipada e foi até a clínica que fica no bairro Nossa Senhora da Abadia. Já dentro do consultório, a mulher disse que foi agarrada pelo profissional da área de sáude e ainda teve o cabelo puxado e até recebeu uma mordida próxima ao pescoço.

Depois de tentar agarrar a paciente, o médico ainda teria dito a ela que seria preciso marcar um retorno em 20 dias e ficaria aguardando por ela. A mulher foi levada ao Hospital de Clínicas da Universidade Federal e as lesões foram constatadas.

A paciente contou tudo para uma amiga que a encorajou a formalizar a denúncia, pois não poderia deixar o médico impune depois de tudo isso. A polícia prendeu o médico em flagrante na residência dele e o cardiologista foi levado para o sistema prisional, mas a investigação correrá em sigilo.

O Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro informou ao portal UOL que a paciente foi atendida no Pronto Atendimento de Ginecologia e Obstetrícia, que é uma referência para casos como este.

O UOL não conseguiu entrar em contato com o advogado defesa do médico, mas ele negou tudo para a Polícia Militar.

 

Via: uol.com.br

Escrito por Russel Morais

Escrevo notícias sobre o mundo dos famosos, os últimos acontecimentos do Brasil e no mundo, além de curiosidades, dicas, economia, tecnologia.