Adolescente de 11 anos que se recuperou de câncer no cérebro, tira sua própria vida por sofrer bullyng na escola

Bethany, morava em Ohio e completava a sexta série.

Ela era uma adolescente como qualquer outra, inclusive, aos seus 3 anos de idade teve um problema a ser enfrentado e esse problema era um câncer no cérebro e por mais que pareça incrível, Bethany sobreviveu, inacreditável né?!

A operação foi excelente, os médicos realizaram a cirurgia e em seguida trouxeram a extraordinária notícia de que foi um sucesso, mas mesmo com o êxito na operação, Bethany Thompson ficou com uma leve sequela na sua boca, a mesma ficou puxada ao lado direito, por esse motivo ela sofreu tanto bullying na escola onde estudava.

Em entrevista a uma revista Americana chamada “Time” a mãe de Bethany Thompson disse que a filha estava sendo perseguida por todos os tipos de brincadeiras de mau gosto sem conseguir se esquivar das mesmas…

Ainda disse “Algumas crianças não cansavam de tirar a Bethany do sério, eles eram incansáveis em suas brincadeiras de mau gosto, ela tentava não reagir, mas teve uma hora que não aguentou tamanha maldade e acabou fazendo o pior”.

No último dia 19 a adolescente tirou a própria vida disparando uma arma de fogo contra si mesma, não se sabe de onde veio a arma, nem quem deu a jovem, só se sabe que o pior aconteceu e que é tarde para se desculpar.

O ocorrido nos ensina que; precisamos observar a forma que nossos filhos se comportam e quando notar algo diferente, procurar ajuda de alguém que tenha qualificação na área de psicologia…

Ao ver que a criança não conversa mt, anda muito para baixo ou sempre mostra estar distante, procure sempre chama-la para perto e tente puxar assunto, se não conseguir por seus meios, imediatamente procure algum psicólogo.

E também, ensinar nossos filhos sobre como agir e tratar as pessoas que tem algum tipo de diferença… Mostrando a eles como é importante ter empatia, compreensão e ajudar ao próximo…

 

Não vamos permitir que mais pessoas tirem sua própria vida por não serem aceitas na sociedade, DIGA NÃO AO BULLYING!

Escrito por Diego Lopes

Colunista de notícias dedicado a TV e famoso, curiosidsdes, humor, relacionamentos, saúde e culinária.