Afinal, o que são aquelas bolinhas fedidas na garganta?

Saiba mais sobre estas 'inquilinas' indesejáveis.

Você já deve ter notado que uma vez ou outra umas bolinhas brancas e/ou amareladas com mau cheiro aparecem na garganta.

Mas afinal de contas, o que são estas bolinhas fedidas que surgem na região da garganta? É algo perigoso? Trata-se de alguma doença? Neste artigo você descobrirá a verdadeira origem desta massa que se acumula na garganta; saiba mais.

Afinal, o que são aquelas bolinhas fedidas na garganta?

Existe uma diferença entre as placas brancas (pus) que surgem nas amígdalas causadas por uma infecção, neste caso o paciente precisa procurar por um médico e em alguns casos passar por um tratamento à base de antibiótico e as bolinhas que geralmente são expelidas quando a pessoa tosse ou espirra.

Elas são pastosas e extremamente fedidas e podem causar mal hálito, estas bolinhas são conhecidas como cáseoas amigdalianos, tonsilólitos ou caseum e felizmente apesar de mal cheirosas não é nada grave e não se trata de um problema de saúde.

De acordo com Alina Bradford, especialista do site ‘Live Science’, estas indesejáveis bolotinhas são formadas pelo acúmulos benignos de restos de tecidos, alimentos e bactérias que se depositam nas reentrâncias que existem nas amígdalas.

Ainda segundo a especialista, os cáseos são mais comuns em crianças e adolescentes, mas podem ser recorrentes em todas as idades.

Quando o acumulo é muito grande estas começam a incomodar e pasmem o mal hálito produzido por elas se deve a proliferação das bactérias que encontram nas bolinhas um local ideal para se multiplicarem.

Na maioria das vezes as bolinhas são engolidas sem que a pessoa perceba, infelizmente não há muito o que fazer para evitar o aparecimento destas bolinhas nojentas.

O ideal é prezar por uma boa higiene bucal, ou seja, escovando os dentes regularmente, usando o fio dental diariamente, escovando a língua e fazendo gargarejos com enxaguante bucal. Vale ressaltar que você deve ir ao dentista a cada 6 meses para garantir a saúde da boca.

 

Escrito por Fabí Batista Stos

Trabalho há 11 anos como colunista de notícias, especializada em TV e Famosos, curiosidades, relacionamento, culinária, entretenimento, lazer, saúde e universo feminino.