Alexandre Nardoni volta a cumprir pena no regime semiaberto

A decisão foi dada por meio de uma habeas corpus do Superior Tribunal de Justiça (STJ)

Quem não se lembra de Alexandre Alves Nardoni que, juntamente com a esposa Anna Carolina Jatobá, foi condenado por matar sua filha Isabella. A história comoveu todo o Brasil.

Pois bem, a Justiça havia autorizado em 29 de abril deste ano, que Nardoni, condenado em 2008, cumprisse o restante da pena em regime semiaberto. Dessa forma o rapaz poeria trabalhar durante o dia e voltaria a cadeia à noite.

Em 13 de Agosto a decisão foi revogada pelo Ministério Público de São Paulo (MPE-SP) , que recorreu da decisão de que Nardoni cumprisse sistema semi aberto por entender que o preso deveria ser submetido a um novo exame criminológico antes de ser beneficiado com o regime semiaberto. O que não havia acontecido até então.

O desembargador Soares de Mello decidiu o seguinte:

“Tratando-se de delito hediondo, verdadeiramente nefasto, com penas altas a descontar, toda prudência será necessária para colocar-se o cidadão de volta ao convívio social. O caso, enfim, recomenda cautela de modo que o regresso do agravante ao seio social deve ser feito com toda a prudência possível”.

Pois bem, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu através de habeas corpus, que o rapaz poderá cumprir novamente a pena no regime semiaberto.

Abaixo você encontra um trecho da decisão concedida pelo ministro Rineiro Dantas:

“O paciente foi efetivamente submetido a exame criminológico, que lhe foi favorável, de forma que a alegação de que deveria ser submetido exame de “Rorschach” para aferir o requisito subjetivo, carece de razoabilidade”.

Até a manhã desta terça-feira (5) o condenado continua na unidade P2 do presídio de Tremembé, em regime fechado, mas a qualquer momento poderá ser transferido para o regime semi-aberto.

Relembre o caso

Apesar de negar ter cometido o crime, o casal Alexandre Nardoni, e Anna Carolina Jatobá foi condenado por matar a Isabella Nardoni,filha de Alexandre e enteada de Anna Carolina, jogando-a pela janela do sexto andar do apartamento em que moravam na noite de 29 de março de 2008. Antes disso a garotinha foi espancada e esganada.

 

Escrito por Telma Myrbach

Colunista de notícias e fatos sobre famosos, entretenimento e o que se relaciona à mulher e seus direitos e deveres, bem como maternidade