Avião cai em bairro residencial de Belo Horizonte deixando feridos e vítimas fatais

Avião de pequeno porte caiu em uma Rua de BH, deixando feridos em estado grave.

No decorrer da manhã desta segunda-feira, (21), uma aeronave de pequeno porte, prefixo PR-ETJ, caiu no bairro residencial Caiçara, que fica localizado na região Noroeste de Belo Horizonte, deixando três mortos e três feridos em estado grave.

De acordo com o corpo de bombeiros, a queda do avião, aconteceu na Rua Minerva, no trecho situado, que fica entre as ruas Nadir e Rosinha Sigaud. A aeronave tinha acabado de deslocar do Aeroporto Carlos Prates, dirigido pelo piloto e mais três passageiros a bordo.

De acordo como foi apurado, o monomotor havia sido vendido, e o piloto estava indo para entregá-lo a Ilhéus, na Bahia e ainda segundo informações, os ocupantes estavam de carona na viagem. Em um vídeo capturado foi possível ver o momento em que o acidente aconteceu.

Assista ao registro:

Ainda segundo informações que foram dadas pelo coronel Erlon Botelho, chefe do Estado-Maior do corpo de bombeiros, uma das vítimas estava dentro da aeronave e, as outras duas, uma foi encontrada dentro de um carro que estava estacionado e a outra sobre a calçada.

Ainda de acordo com informações, o piloto do avião, estaria entres as pessoas que sobreviveram ao acidente.  “Quando chegamos ao local, nos deparamos com um incêndio.  Existe a suspeita de que uma das vítimas seja um pedestre. Um dos mortos era ocupante de um dos carros. Os demais veículos estavam vazios. Os três feridos já foram devidamente medicados e socorridos em hospitais da região metropolitana”, esclareceu o militar.

Alguns moradores revoltados gritavam para que o aeroporto Carlos Prates fosse fechado, visto que este já é o segundo acidente de avião que cai em rua, causando morte.

Três veículos foram atingidos no momento do acidente pegando fogo. Em alguns pontos da capital mineira, era possível ver a fumaça preta que se espalhava no céu.

Alguns pontos próximos a rua, onde o acidente aconteceu precisou ser interditado, para poderem fazer a limpeza precisa no local.

De acordo com um morador da rua onde a aeronave caiu, o servidor público Henrique Pacheco Diniz, de 37 anos, ouve muita explosão. O homem que tentou apagar ao fogo, disse que não pode fazer muita coisa, pois tudo foi muito rápido.

Imagens das vítimas sendo socorridas ainda no local, após o acidente

 

 

Escrito por Redatora Cs

Escrevo vários tipos de conteúdo, mas gosto muito de escrever notícias sobre famosos, histórias de superação e testemunhos.