Caso Lorrana: imagens mostram que menina não foi abordada em trem e a morte por pirulito é enfraquecida

As câmeras de segurança do trem mostram que a menina ficou o tempo todo sozinha, entretanto, chumbinho foi encontrado no estômago da adolescente

Foram divulgadas imagens da menina Lorrana Madalena dentro do vagão do trem em que ela teria sido envenenada, entretanto as imagens não mostram ninguém entregando doce para ela, por isso a hipótese do pirulito envenenado está cada vez mais enfraquecida para as investigações da polícia.

A mãe da garota quem disse à polícia que a menina teria contado que aceitou um doce e uma desconhecida no trem e horas depois começou a passar mal.

No vídeo, Lorrana é vista entrando no trem em Bonsucesso, na zona norte do Rio de Janeiro, com fones de ouvido e uma mochila roxa. A garota fica sozinha parada num canto durante o trajeto e algumas estações depois, ela desce em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Peritos já comprovaram que encontraram carbamato, um veneno popularmente conhecido como chumbinho no estômago da menina, que morreu depois de uma para respiratória. A família não sabe o que aconteceu.

Os especialistas da polícia também estiveram na barraquinha de sanduíches da família da menina, uma vez que ela comeu ali um lanche e tomou um chá antes de passar mal e não descartam a hipótese de assassinato ou acidente.

O enterro da mocinha foi marcado por muita emoção. A Adolescente era conhecida por ser alegre e sonhadora e faria 15 anos em janeiro. A festa já estava sendo planejada.

O pai, Luciano da Silva Manoel, disse em entrevista à Record TV Rio que “começou a sair coisas de dentro da boca” da menina. “Como se tivesse estourado ela por dentro”.

Já a mãe da garota relata que ela havia se queixado de dores de cabeça e no momento achou que fosse por conta do período menstrual da moça. As dores pioraram e pouco antes de dormir a menina começou a vomitar e a dizer que não estava enxergando mais nada.

As investigações seguem para que se descubra o porque do “chumbinho” ter sido encontrado em seu estômago.

 

 

 

 

Escrito por Telma Myrbach

Colunista de notícias e fatos sobre famosos, entretenimento e o que se relaciona à mulher e seus direitos e deveres, bem como maternidade