Criança perde a vida após ser picada por cobra dentro da sala de aula

A picada de cobra foi fatal na criança de apenas 9 anos de idade, mas poderia ter sido evitada.

Uma criança levou uma picada de cobra dentro da sala de aula e não resistiu. O que revoltou os locais é que tudo poderia ter sido evitado se ela fosse socorrida a tempo.

O site Hindustan Times, da Índia, registrou a tragédia que comoveu a todos.

Shahla Sherin, de apenas 9 anos de idade estava estudando em sala de aula com os outros colegas quando, de repente, foi picada por uma cobra. Os amigos relataram o fato para o professor mas ele disse que não era nada grave e que a picada não era de cobra venenosa.

A impressa relatou que a escola tem buracos em sua construção e várias rachaduras, permitindo assim o acesso a répteis e aracnídeos. Dessa vez, o réptil que entrou era extremamente venenoso e a picada passou a agir imediatamente.

Os pais dos alunos e vizinhos da escola já reportaram às autoridades a infra estrutura ruim do local, mas até o momento nada foi feito para que os alunos tivessem mais segurança nas salas.

A picada fatal e o descuido da equipe escolar

Depois de algum tempo a perna da garota começou a ficar com uma coloração azulada, típica do efeito do veneno de algumas cobras venenosas, foi então que decidiram levá-la ao hospital mais próximo, entretanto chamaram os pais da menina antes e os minutos foram cruciais. A garota levou a mordida por volta das 15 horas, mas apenas as 16 foi pedido aos pais que a levassem ao hospital e o problema foi relatado.

Quando a garota chegou ao hospital, nada mais poderia ser feito. A equipe médica do hospital, diz que se o professor Sajil CV, tivesse agido imediatamente, a criança estaria viva.

A Escola Secundária Vocacional Sarvajana que fica situada no Governo de Bathery suspendeu o professor até que as investigações sejam concluídas, entretanto só fizeram isso depois de a população local já bastante agitada coma  falta de providências, exigissem e depois que parentes e amigos da criança apedrejaram a sala da direção da escola.

A polícia investiga o caso para saber que punições o professor levará.

Escrito por Telma Myrbach

Colunista de notícias e fatos sobre famosos, entretenimento e o que se relaciona à mulher e seus direitos e deveres, bem como maternidade