Dany Bananinha está grávida e fala sobre a escolha do nome de sua primeira filha

Segundo a assistente de palco, tem muito medo do pai mudar de ideia ao ir registar a criança

A onda de mamães famosas ainda não passou agora é a vez de Dany Bananinha, a assistente do programa caldeirão do Huck está esperando uma menina, Dany que já tem 42 anos namora Pedro Koellreutter de 37.

Na ultima segunda feira (28) a assistente de palco contou um pouco de como está achando difícil escolher o nome de seu bebê, segundo ela os nomes mais bonitos já foram escolhidos por amigos ou parentes e não quer “copiar” ninguém, além é claro de ter que convencer o papai de que suas escolhas são melhores que as dele.

 

 “Estou triste…Deus me dá uma luz para eu escolher o nome da minha filha porque tudo que eu gosto o Pedro não gosta, tá me irritando profundamente. Por que não é a gente que tem que ir lá fazer no cartório o nome da criança? Ai a gente fica com medo de escolher um nome e o pai ir lá no cartório e escolher outro nome”, afirmou ela.

Segundo ela o seu próprio pai trocou seu nome na hora de ser registrada, Dany iria se chamar Barbara.

 

“Que nem meu pai fez, minha mãe escolheu Bárbara, mas meu pai foi lá e voltou com Danielle!”, relatou a assistente de palco.

Não é raro ouvirmos historias como essas de algum tempo atrás, já que as mães não precisavam ir ao cartório para registar as crianças mas a presença do pai era obrigatória, então a mãe de resguardo confiava de que eles teriam o bom senso de fazer como o combinado, mas ao chegar a hora muitos trocavam de ideia e faziam como dava na telha.

O pai de Neymar Jr. por exemplo trocou seu nome que seria Matheus e resolveu chama-lo de Neymar. Mas desde 2015 as mamães não precisam mais da presença dos pais para fazer o registro do bebê. Uffa!

 

Escrito por Julia Carolina

Gosto de transmitir notícias verídicas de forma simples, tenho também como principais temas, artigos voltados ao publico feminino e curiosidades em geral.