Disputa entre Neymar e médico que fez parto de Davi Lucca ganha novo capítulo

O médico afirma que o jogador não quitou as dívidas pelo procedimento e entrou com a ação para receber o dinheiro.

Mais um capítulo da história do processo que envolve o dr. Herbert Kramer e o craque Neymar e a mãe de seu filho, Carol Dantas, ganharam as manchetes.

Para quem não conhece o fato, o responsável pelo parto de Carol Dantas, entrou com uma ação processando Neymar e Carol por não quitarem as dívidas do parto de Davi Lucca.

Nesta quarta-feira (30) o dr. Herbert Kramer,  responsável pelo parto do garoto e pelo pré-natal da mãe do Davi,  pediu à Justiça a nomeação de um perito para ajudar a definir o valor de sua remuneração. Essas informações são do “Blog do Perrone”, do UOL.

A Justiça já decretou que o doutor Kramer tem direito a receber o que lhe é devido e a fase em que o processo se encontra no momento é a da definição da quantia, que é feita em juízo, por árbitros responsável pelo cálculo do montante total do débito e dos possíveis formatos para quitação do mesmo.

De acordo com Perrone, a ação inicial era de era de R$ 51 mil e levava em conta, inclusive o trabalho dos advogados que trabalhavam em favor do dr. Herbert.

Já a defesa de Carol Dantas acha o valor inicial muito alto, uma vez que o dr. Kramer cobrou R$ 15 mil para fazer o parto do segundo filho da mãe de Davi.

O médico rebate o fato de que o valor seja alto porque diz que as circunstâncias eram outras e que o montante de R$ 51 mil inclui, além do parto e honorários dos advogados, sua permanência por três dias em São Paulo, tendo que deixar o seu consultório em Santos fechado.

Procurado pelo UOL a assessoria do craque disse que o mesmo não vai se manisfestar a respeito. Falará apenas em juízo. Carol Dantas não conseguiu ser encontrada para dizer sua versão dos fatos.

 

Escrito por Telma Myrbach

Colunista de notícias e fatos sobre famosos, entretenimento e o que se relaciona à mulher e seus direitos e deveres, bem como maternidade