Em aula online, professor descobre que aluna está sem roupa e oferece ‘meio ponto’ para ela abrir a câmera

O professor está sendo acusado de assédio, mas garante que tudo não passou de uma brincadeira.

A aula online de um curso de direito na Faculdade de Direito de Franca, no estado de São Paulo, vem causando grande polêmica e o assunto já viralizou nas redes sociais por causa da atitude do professor.

A confusão toda começou com uma aluna, que estava com a câmera desligada, dizer que se encontrava sem roupa. Depois disso o professor teria incentivado a jovem a abrir a câmera para que pudesse vê-la.

O Diretório Acadêmico considerou o caso como assédio, mas a própria docente alega que tudo não passou de uma ‘brincadeira mal interpretada’. Ela estava em uma aula online de direito penal nesta última segunda-feira, dia 28, na plataforma de vídeos desenvolvida pela própria universidade.

William Tristão, 34 anos, é professor na faculdade e quando percebeu que a câmera de uma das alunas estava desligada, pediu para que ‘abrisse’ a imagem. Ela respondeu que não era possível e ele questionou se era ‘tão horrível’.

Rindo, a aluna disse que ia tomar banho e que estava sem roupa, por isso não poderia liberar as imagens de sua câmera. O professor insiste para que ela libere a imagem e diz que dará ‘meio ponto’, caso ela ‘abra a câmera’.

https://www.youtube.com/watch?v=qGngSPxNmNo

A aluna respondeu que ‘meio ponto’ não compensava e que preferia estudar. A outro aluno que acompanhava a aula online, o professor disse que foi ‘provocado’.

Tristão conversou com o portal UOL e garantiu que jamais praticaria assédio e que tudo foi uma ‘brincadeira mal interpretada’ e que tem uma relação de anos com a família da aluna, mas sempre com respeito.

 

Via: uol.com.br

Escrito por Russel Morais

Escrevo notícias sobre o mundo dos famosos, os últimos acontecimentos do Brasil e no mundo, além de curiosidades, dicas, economia, tecnologia.