Em meio ao acidente aéreo no Paquistão, um milagre! Você vai se emocionar

O piloto à bordo do vôo PK803 desistiu da tentar pouso na primeira vez e virou à esquerda, sinalizando sair do curso.

Um neném de uma família da comunidade na Colônia Modelo, cidade de Karachi foi retirado com vida entre os destroços de um acidente gravíssimo de avião nesta sexta-feira (22). Karachi é a cidade com maior volume populacional no Paquistão, capital de Sinde, sul do país. Um avião Airbus A320 da Pakistian Internacional Airlines tinha à bordo, mais de 100 passageiros e partiu da cidade de Lahore, com destino ao Aeroporto Internacional de Jinnah, em Karachi, mas caiu em uma área residencial.

Em meio ao caos, fogo, escombros das casas, destroços do avião, ambulâncias, curiosos, fumaça e o Exército, auxiliando no resgate, um bombeiro surgiu em meio a catástrofe, de maneira milagrosa com um bebê em seus braços. A cena ganhou destaques na TV local.

As causa do acidente do jumbo ainda não foram divulgadas, mas de acordo com o porta voz da empresa, Abdull Sattar Khokhar, o comandante da aeronave teria entrado em contato com a torre do controle de tráfego aéreo, alegando ter pedido controle dos dois motores em segunda tentativa de pouso da aeronave.

O piloto à bordo do vôo PK803 desistiu da tentar pouso na primeira vez e virou à esquerda, sinalizando sair do curso.

“Vamos dar a volta, perdemos os dois motores”, informou o piloto, segundo um controlador de vôos.

A torre de imediato havia autorizado o pouso, mas 12 segundos após o piloto tão somente gritou “Mayday, Mayday, Mayday”… E perderam o contato com a aeronave.

“Lembramos quando o piloto tão apenas disse estar com problema técnico”, informou Abdull, através de uma gravação em vídeo. Em último contato, o piloto recebeu a informação que ambas as pistas estavam livres para que a aeronave pudesse pousar, porém o mesmo decidiu fazer a volta. É um terrível incidente.

Vôos comerciais no Paquistão estavam há 2 meses proibidos, devido à crise da pandemia do novo coronavírus, sendo retomada as atividades no último sábado (16). A tragédia teve a consequência de mais de 100 vítimas.

PUBLICIDADE

Escrito por News Report

Colunista de notícias, visando levar a informação à leitores diversos, através da internet, mídias sociais, redator de plataforma em diversos assuntos.