Homem é acusado de gravar vídeo agredindo a filha de 1 ano e usa as imagens para ameaçar a mãe da menina

A polícia está procurando pelo pai da criança, o crime chocou a todos na cidade.

A polícia não revelou o nome do pai que está sendo acusado de gravar um vídeo onde ficou agredindo a filha de apenas 1 ano de idade, depois ele usou as imagens para fazer ameaças à mãe da bebê.

A delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente já está investigando o caso, o crime foi na Vila Ferroviária, em Teresina e a população ficou chocada com a covardia do sujeito que ainda não foi localizado.

O Conselho Tutelar recebeu uma cópia do vídeo que mostra o suspeito agredindo a criança, ele deu tapas e socos na bebê que estava em uma cama. O homem diz que todo dia bate na criança porque a mãe dela foi embora e que as coisas irão piorar se a mulher arrumar outro.

Ainda no vídeo, o sujeito diz que quando está sob o efeito de drogas, acorda a criança com murros e continuou batendo nela.

O conselheiro Melquisedeque Fernandes conversou com o portal G1 e disse que já foi à residência onde a criança foi agredida, estando acompanhado da Polícia Militar, mas o homem não estava no local. A criança já foi entregue à mãe e à avó materna, agora a polícia espera que possa contar com denúncias anônimas para identificar o sujeito.

O Conselho Tutelar de Nazária ficou responsável por acompanhar um caso e emitir um relatório informando como ela está passando.

 

Escrito por Russel Morais

Escrevo notícias sobre o mundo dos famosos, os últimos acontecimentos do Brasil e no mundo, além de curiosidades, dicas, economia, tecnologia.