Justiça aceita acusação de estupro contra ex-BBB e julgamento de Felipe Prior é marcado

Prior chegou a ser apontado como um dos favoritos no Big Brother Brasil, mas acabou sendo eliminado.

Felipe Prior foi acusado de estupro e a Justiça de São Paulo decidiu acatar a acusação feita, sendo que o juiz responsável pelo caso inclusive marcou para o dia 10 de maio de 2021, a audiência de instrução e julgamento.

O juiz Luiz Guilherme informou que as provas instruem a denúncia e que há indícios suficientes, por isso a acusação será acatada e a denúncia recebida. No mês de agosto, o MP-SP chegou a fazer a denúncia contra o ex-BBB, sendo que isso se deu logo após a DDM concluir o inquérito e não indiciar Prior.

O ex-BBB foi apontado como autor de dois estupros e uma tentativa de estupro entre os anos de 2014 a 2018. Um dos crimes teria sido cometido em São Paulo, mas a denúncia irá tramitar sob segredo de Justiça. As outras duas acusações, que teriam ocorrido em outras cidades do estado de São Paulo, serão encaminhadas para os promotores das mesmas para que possam analisar o processo.

A delegada Maria Valéria Pereira Novaes informou que a Delegacia de Defesa da Mulher optou por não indiciar Felipe Prior por não ter convicção de que o mesmo teria cometido os delitos.

Mas a delegada explicou que o relatório com todas as provas e depoimentos seria passado para o MP, que por sua vez resolveu formalizar a denúncia contra o arquiteto.

Até o momento o ex-BBB não se pronunciou a respeito do caso, os advogados de defesa também não divulgaram nenhum comunicado.

 

Escrito por Russel Morais

Escrevo notícias sobre o mundo dos famosos, os últimos acontecimentos do Brasil e no mundo, além de curiosidades, dicas, economia, tecnologia.