Luto: Morre monsenhor Miguel Falabella após lutar contra a COVID-19: “Amor à igreja”

O monsenhor faleceu.

Nesta segunda-feira, dia 23 de novembro, foi anunciada a morte do monsenhor Miguel Falabella De Castro. Ele tinha 89 anos e a causa de sua morte foi apontada por complicações devido a COVID-19. O monsenhor chegou a ficar internado por mais de dez dias em uma unidade de saúde religiosa, a Santa Casa de Misericórdia, localizada em Juiz de Fora.

Conforme um recado oficial divulgado pela Arquidiocese de Juiz de Fora, o religioso estava internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) desde o dia 9 de novembro.

Por volta do dia 8 de novembro, ele sentiu muita falta de ar e precisou ser levado ao hospital mais próximo. Ao chegar no local, a suspeita foi que ele tivesse contraído a COVID-19. Diante disso, foi constatado a doença e ele precisou ser imediatamente internado.

Monsenhor Miguel Falabella em Juiz de Fora — Foto: Arquidiocese de Juiz de Fora/Divulgação

Miguel Falabella chegou a se dedicar a vida religiosa por mais de sessenta e seis anos. O arcebispo metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, lamentou a partida do monsenhor e expressou gratidão por todo o seu trabalho religioso exercido em vida.

Dom Gil ainda revelou o último pedido de Miguel Falabella que foi deixado em sua última carta. O monsenhor pediu para que as pessoas não destinassem dinheiro comprando coroa de flores para o seu velório, mas que pegassem esta quantia e depositassem na obra ‘Pequeninos de Jesus’ que busca auxiliar os pobres que vivem em situações de risco.

Devido a pandemia do coronavírus, o velório será restrito a familiares e pessoas próximas.

Escrito por Juliana Gomes De Souza

Colunista de notícias sobre diversos assuntos. Apaixonada por literatura e a arte da escrita. Escrevo sobre tudo que envolve o mundo do entretenimento, além de falar das principais noticias sobre o dia a dia.