Mãe de menina que faleceu após ganhar pirulito em trem no RJ conta o que aconteceu com a filha, confira;

"Boca começou a espumar"

Mãe de jovem que faleceu depois de receber um doce (pirulito) de uma pessoa que não conhecia na Baixada Fluminense (RJ), desconhece o que houve com a filha no ocorrido.

Gisele, mãe da menina que perdeu a vida, tem apenas 32 primaveras e contou que ao chegar na emergência, encontrou a jovem já sem vida e caiu em desespero.

A jovem nomeada de Lorrana só tinha 14 primaveras e foi vítima de uma parada cardíaca na madrugada do dia 23/10.

Policiais investigadores incluíram nas investigações que a adolescente teria recebido um pirulito de alguém que não conhecia em um dos trens da Supervia no bairro carioca.

A mãe ainda contou mais do que aconteceu: “minha filha esteve no meu trabalho e disse não estar se sentindo bem. portanto falei a ela que não seria nada grave e iríamos para a casa, e fomos. Aproximadamente 1h da madrugada de terça feira, Lorrana reclamou de pernas dormentes e começou a espumar pela boca, foi uma cena horrível; fui correndo pro hospital com ela e imediatamente ela foi colocada em tubos.”

A mãe ainda disse que antes de sair só hospital onde a filha estava internada Lorrana de encontrava bem, “fui para minha residência buscar roupas para ela trocar, quando retornei ao médico me deram a notícia de que ela tinha falecido, eu caí em desespero e clamei por misericórdia a Deus e pedi para trazê-la de volta.” disse a mãe.

Como disse Gisele, Lorrana recebeu o suposto pirulito quando voltará do curso que fazia.

Uma parente da vítima, chegou a dizer que a jovem tinha mostrado sinais de melhoras após chegar passando mal e ser medicada em sua casa, mas disse que aproximadamente 00h/1h da manhã a jovem voltou a se sentir mal e afirmou não estar conseguindo ver nada, quando a mãe dela foi olhar ela estava soltando algo pela boca, um tipo de espuma, Lorrana chegou a ser levada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) onde foi feita uma limpeza nela, mas aproximando-se das 5h da madrugada ela teve algumas cardíacas e não resistiu!

Escrito por Diego Lopes

Colunista de notícias dedicado a TV e famoso, curiosidsdes, humor, relacionamentos, saúde e culinária.