Menina que a mãe afirma ser anã de quase 30 anos quebra o silêncio e dá sua versão dos fatos

A menina que se tornou notícia no mundo todo após sua mãe adotiva afirmar que ela é uma anã adulta desabafou e disse que quer que os mundo ouça sua versão dos fatos.

Natalia Grace Barnett, de 16 anos, que acabou conhecida na mídia por sua mãe adotiva afirmar que ela era uma anã de 30 anos, fingindo ser uma criança, quebrou o silêncio e resolveu contar ao mundo a sua versão dos fatos.

Em entrevista que vai ao ar dia 7 de novembro, ao Dr. Phil McGraw, a garota conta, com detalhes sua vida. Apesar da entrevista ir ao ar penas na próxima quinta-feira, alguns trechos acabaram por ser revelados.

Ela nega ser uma anã de 30 anos e diz não ser verdade a história contada por seus pais adotivos, Kristine Barnett de 45 anos e Michael Barnett de 43 anos, ambos norte americanos.

Quando questionada sobre ser psicopata (outra alegação dos pais adotivos), Natalia cai na risada, negando veementemente o fato.

Muitos dos que leram a história com as alegações dos pais da moça, compararam com o filme “A Orfã”, onde realmente uma anã, psicopata quase destrói o lar dos pais adotivos.

A história de Natalia Grace Barnett

Nascida na Ucrânia, a jovem foi adotada por Kristine e Michael Barnett quando tinha apenas 6 anos de idade e seus pais estão sendo acusados pela polícia de abandoná-la quando ela completara 11 anos de vida. O casal abandonou a garota porque mudou para o Canadá em 20113 om os filhos biológicos e deixou a criança no apartamento em que morava, sozinha e com o aluguel já pago.

Procurados pela polícia e indiciados, o casal alegou à época que Natalia na realidade não tinha 11 anos, mas sim 22 anos! Também disseram que a adolescente havia tentado machucá-los a até matá-los em vários momentos.

Quando adotaram a menina, Kristine e Michael sabiam de sua condição de nanismo, para provar sua teoria de que ela era bem mais velha, o casal chegou a alterar em sua certidão de nascimento, o ano de nascimento de garota de 2003 para 1989 .

No momento o casal permanece sob investigação e Natalia vive com outro casal que tem 5 filhos e a adotou em meio à tudo o que ela está passando.

A mãe biológica da adolescente afirma que a filha nasceu em 1989 e não em 2003, como os Barnett querem fazer parecer.

 

 

 

 

Escrito por Telma Myrbach

Colunista de notícias e fatos sobre famosos, entretenimento e o que se relaciona à mulher e seus direitos e deveres, bem como maternidade