Menino de 1 ano é agredido na creche e justiça trata como acidente

Segundo o responsável pelo caso não da pra afirmar que quem bateu foi um adulto

Uma criança de apenas um ano sofreu graves agressões enquanto estava em uma creche, a criança frequentava já a algum tempo e nunca haviam tido problemas, a mãe de Jesse Harris foi chamada ao local pois alegaram que a criança havia sido agredida por um outra de dois anos de idade.

Segundo a mãe de Jesse isso é quase impossível já que o filho estava cheio de hematomas, os lábios estavam cortados e os olhos inchados aparentando ter levado vários socos no rosto, mesmo que fossem de uma criança quase do tamanho de Jasse ela precisaria de muito tempo para conseguir deixa-lo naquele estado em que se encontrava.

 

Tiffany Griffim disse não ter acreditado quando viu o filho:

 

“Quando eu vi o estado em que meu filho estava eu só consegui pensar: é impossível que uma criança de dois anos tenha feito isso! E se foi mesmo uma criança de dois anos que fez isso, ela precisou ficar muito tempo sozinha com meu filho para fazer este estrago!”, relatou a mãe nas redes sociais.

O caso foi encaminhado as autoridades e o promotor responsável disse que não irá indiciar ninguém pois não existem provas e que as lesões do menino podem ter sido provocadas por uma outra criança, o que aconteceu com Jasse foi tratado então como um acidente, a família não gostou nada disso e compartilhou o ocorrido em redes sociais.

 

 “Não fizeram maiores exames no meu filho, não fizeram exame de DNA por exemplo para determinar se quem causou as lesões foi um adulto ou criança”, disse o pai.

A mãe também falou sobre sua indignação.

 

“Se apenas suspeitassem que tivesse sido eu ou meu marido que causou machucados como estes, nós já teríamos até perdido a guarda do nosso filho. Agora, neste caso, eles sequer investigam a creche corretamente! Um absurdo isso! Bem-vindo a América onde uma criança de um ano é espancada e ninguém é responsabilizado!”, desabafou a mãe.

 

Escrito por Julia Carolina

Gosto de transmitir notícias verídicas de forma simples, tenho também como principais temas, artigos voltados ao publico feminino e curiosidades em geral.