Menino de 11 anos é agredido por um adulto durante briga entre crianças e o caso viraliza

O pai de uma das crianças que brigava acabou agredindo o outro menino.

Dois garotos brigaram no corredor de um condomínio residencial durante uma festa de aniversário, não se sabe o motivo do desentendimento, mas é possível ver pelo vídeo os dois meninos, um de 10 anos, o outro de 11 anos que se estranharam com chutes e empurrões.

O caso ocorreu no QE 40 do GUARÁ 2, no Distrito Federal. Tudo começou na quadra de esportes e continuou em um dos corredores do prédio, é possível perceber que o menino de 11 anos foi empurrado duas vezes, e teve início a uma luta corporal de chutes e socos,

Enquanto isso cerca de cinco crianças assistiam tudo sem fazer nada. No final o garoto de 11 anos chuta o outro menino que cai no chão. Toda essa confusão não durou mais que um minuto.

Mas quando o pai do menino caído viu, pois ele conversava com algumas pessoas no corredor próximo, correu em direção ao menino de 11 anos e o empurrou contra a parede e em seguida o levantou pelo braço.

A mãe da criança agredida disse, que o filho ao ser empurrado bateu com as costas na parede.

Já o homem depois da agressão, conversou com os meninos e disse para reportagem que a intenção era apenas separar a briga, mas que sem querer colocou muita força, devido ao calor do momento foi só isso, e acrescentou: depois conversamos e todos voltamos para a festa e que colocou seu filho de castigo porque viu pelas imagens que quem começou tudo foi ele.

O homem ainda disse que tentou conversar com a família do menino empurrado, mas eles haviam se mudado do condomínio.

A mãe da criança agredida disse que fez um boletim de ocorrência na Polícia Civil, e falou que a reação do pai foi exagerada e que as atitudes impensadas têm consequências, por isso levou caso a polícia para que a justiça seja feita.

 

Escrito por Cláudia Lm

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.