Mesmo livre, Lula não pode se candidatar a presidência!

Pego na operação cujo o nome é "Ficha Limpa" Luís Inácio só pode se candidatar em 2022 caso STF retire qualquer ocorrência sobre o mesmo.

O antigo mandatário da presidência da República Luis Inácio Lula da Silva conhecido como Lula, foi solto da cede da Polícia Federal  sexta feira dia 09/11/2019 após o STF mudar completamente o modo de pensar a respeito da segunda instância, porém o fato de ser liberado da PF ele está proibido de se candidatar nas próximas eleições para presidência do Brasil.

Hélio Freitas, advogado da OAB, explicou que as condenações que tiveram órgãos colegiados por segunda instância, fizeram o antigo presidente ser condenado pelo TRF-4 com o caso do Triplex do Guarujá (uma velha história e bem conhecida pelos brasileiros), isso coloca Luís Inácio Lula da Silva na operação Ficha Limpa e tira completamente sua possibilidade de se eleger em qualquer mandato…

“O único problema que ele (Lula) tem é o do Triplex, se isso for para as maiores autoridades com pedido de isenção e esse pedido for aceito, aí sim ele terá poder de se eleger, caso contrário, nem pensar” afirmou.

Os representantes de Luis Inácio Lula da Silva teriam que ter um poder de persuasão muito forte para conseguirem mudar tudo que foi comprovado contra ele, eles tem até o dia 15 de agosto do ano da eleição para convencerem o supremo, caso contrário, nada feito!

Lembrando que mediante a tudo que foi comprovado, é quase impossível a elegibilidade do mesmo.

Processos Seguintes

A operação Ficha Limpa não depende apenas de Culpa concreta, ela tem um critério diferente das demais que inclui que a pessoa seja idônea nas suas eleições

Os outros processos que Luis Inácio é réu ou acusado, nao permitiriam ele fazer parte da Operação Ficha Limpa, portanto ele teria total liberdade para se eleger e participar dos discursos de eleições.

“Toda vez que alguém é condenado e confirmado a condenação sobre segunda instância, existe discussão sobre a constituição da lei, na operação Ficha Limpa isso foi julgado inconstitucional. afirmou.

Escrito por Diego Lopes

Colunista de notícias dedicado a TV e famoso, curiosidsdes, humor, relacionamentos, saúde e culinária.