Mulher descobre gravidez já no momento de dar á luz; “Fiquei em choque”

Sem saber que estava grávida, mulher foi ao hospital buscar atendimento médico, ela acreditava estar com fortes cólicas, após 30 minutos seu filho nasceu.

Viver a maternidade é um sonho de grande parte das mulheres, que ao estar em um relacionamento sério, passam a pensar em realiza-lo. Muitas vezes, a gravidez, é planejada pelo casal, porém, em outros casos, a chegada de um bebê, se torna uma surpresa pegando o casal totalmente desprevenido para a notícia.

A partir do resultado de exame, ou teste de farmácia “positivo”, a mulher se encaminha ao médico para então começar o pré-natal e se preparar para a chegada do bebê, acompanhando toda mudança em seu corpo e o desenvolvimento do bebê até seu nascimento.

Mas, diferente do que habitualmente acontece, esta mamãe da qual vamos falar hoje, foi pega de surpresa sim, o diferente, é que ela só soube que estava grávida, no momento de dar à luz. Esta é a história da norte-americana Ally Opfer, que contou um pouco sobre a assustadora e ao mesmo tempo encantadora experiência de passar pelo parto sem ao mesmo saber que estava grávida.

“Eu descobri que estava esperando um bebê 30 minutos antes do Oliver nascer. Eu acordei no dia 21 de dezembro de 2016 me sentindo normal e não tendo ideia do que iria acontecer. Eu então comecei a sentir um pouco de cólica e foi ficando mais forte ao longo do dia, achei que ia ficar menstruada”.

Ally, passou o dia todo sentindo cólicas, que foram piorando no decorrer do dia, no entanto ela foi ignorando as dores e chegou a tomar um remédio que não fez efeito contra suas fortes dores. “A dor foi ficando tão forte que eu não consegui dormir à noite”, lembra Ally.

“Na manhã seguinte, dia 22 de dezembro, eu acordei minha mãe e disse que estava com cólicas terríveis. Decidi fazer um teste de gravidez por via das dúvidas e deu negativo. A dor começou a ficar tão forte que eu só conseguia ficar deitada. Às 23:00 a dor estava insuportável e eu pedi para minha mãe me levar ao hospital imediatamente.

 

Quando eu cheguei no pronto-socorro eu só conseguia gritar. Mal consegui preencher a ficha. Naquele momento, eu estava com todos os sintomas de parto, mas disse a eles que tinha feito um teste de gravidez e deu negativo. Além disso, eu também não tinha barriga. Mesmo assim a enfermeira pediu para minha mãe monitorar minhas ‘cólicas’, que na realidade eram contrações”.

Ally foi atendida e precisou realizar um exame de sangue, o resultado apontou uma infecção. Os médicos acreditavam que seria pedras nos rins, não um trabalho de parto. “O médico então examinou minha barriga, sentiu uma protuberância e disse que provavelmente eram as pedras nos rins.

Eu fui para o ultrassom para ver as ‘pedras nos rins’ e a enfermeira que fez o ultrassom não podia me falar sobre os resultados comigo, apenas para o médico. Mas quando ela começou o ultrassom seu queixo caiu. Ela olhou para mim e perguntou: ‘você está grávida?’. E eu respondi: ‘não!’. Nessa hora eu achei que ela tinha achado um tumor no meu abdômen e pensei que iria morrer”, contou Ally.

A norte-americana, foi levada para o quarto do hospital para aguardar seu diagnóstico. Pouco depois, alguns médicos e enfermeiras entraram em seu quarto, Ally acreditava estar com alguma enfermidade grave.

“O médico então me disse as seguintes palavras: ‘você já teve uma gestação antes?’. E eu bem confusa disse: ‘Não’.

 

Ele então respondeu: ‘Bem, você está com 38 semanas de gestação e 10 centímetros de dilatação. Você está prestes a dar à luz e nós vamos agora para a sala de parto’. Eu fiquei em choque. Eu não estava pronta para ter um bebê. Eu não podia ter um bebê. Meu rosto ficou branco, eu comecei a chorar e a gritar. Eu estava apavorada.

 

Meu bebê estava bem, mas eu estava com pré-eclâmpsia e meu filho estava sentado”.

Devido a posição do bebê e o quadro clínico de Ally, os médicos decidiram fazer uma cesárea de emergência. “Fomos correndo para a sala de cirurgia. A cesárea começou e eu ouvi eles dizerem: ‘Hora do nascimento 3:31. Eu não ouvi nenhum choro e fiquei preocupada. Só podia pensar, por favor chore. E ele então começou a chorar e eu também. Chorei lágrimas de alegria”, desabafou.

Após ser surpreendida e passar por todo este susto a mamãe Ally, chamou seu bebê de Oliver, e garante que ama muito seu filho. “Ele foi o primeiro menino da família em 43 anos! E foi também o primeiro neto dos meus pais. Apesar da grande surpresa, eu o amo demais e ele é uma criança muito feliz”.

 

Escrito por Luh Me

Colunista de notícias, dedicada a Tv e famosos, notícias, entretenimento, saúde, receitas culinárias e curiosidades.