Mulher enciumada diagnosticada com câncer atira no marido para ele não arrumar novo amor depois que ela morrer

A mulher não queria que seu marido encontrasse um novo amor.

Uma mulher tailandesa deu uma verdadeira lição sobre o que é um ciúmes doentio. A mulher tem 38 anos e foi diagnosticada com um câncer que já estava em estágio final. A partir de então a mulher começou a planejar algo terrível, pois sua maior preocupação era o fato de seu marido encontrar um novo amor depois de sua morte.

A mulher pensou tanto a respeito do assunto que pôs seu plano em ação, atirou em seu marido e em seguida em si mesma, quando os vizinhos escutaram os gritos e os disparos na casa logo perceberam que algo estava acontecendo na casa e chamaram a polícia que veio rapidamente.

Ao chegar no local encontraram a mulher já sem vida deitada na cama com umtiro na têmpora e o marido com os mesmos ferimentos, porém ainda respirando, ele foi levado rapidamente para o hospital.

As informações da polícia são de que o marido da mulher é um político e muito conhecido na região e ela morria de ciúme dele. O homem segue internado em estado muito grave.

Antes de atirar no marido e se matar a mulher mandou uma mensagem de texto se despedindo de seu filho, pedindo desculpas e dizendo que estava cansada.

A aldeia conhecia a mulher e sabia o quanto ela era extremamente ciumenta a respeito de seu marido, alguns vizinhos chegaram a dizer que ela se preocupava mais com o fato de ele encontrar um novo amor do que com a própria doença.

A mulher estava obcecada e obstinada a não permitir que seu marido seguisse a vida ao lado de outra mulher.

Por esse motivo decidiu por fim a própria vida e a vida de seu marido. No entanto o homem ainda luta pela vida no hospital e se sobreviver o plano da mulher foi por água abaixo.

 

Escrito por Cláudia Lm

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.