No seio, na mamadeira ou nos dois? Melhor método

Usando fórmula ou amamentando no peito, uma coisa é certa: há dúvidas sobre o assunto. Especialistas esclarecem as principais questões sobre esses métodos

Que mãe nunca teve dúvidas na hora de amamentar? Como posicionar o bebê, se a pega está correta, como saber se ele está sendo nutrido e ganhando peso o suficiente… Ufa! E olha que pontuamos só as mais comuns e relacionadas ao aleitamento materno, nem chegamos ao. desmame ou combinação de amamentação e fórmula.

Mas, antes de qualquer coisa, vamos deixar claro que não existe uma regra que sirva para todo mundo, cada um tem seu jeito e cada mãe vai ter sua preferência quando o assunto é desmame ou combinação.

A maternidade é cheia de desafios e encontrar a maneira que melhor funciona para você e para o seu bebê quando o assunto é alimentação, é mais um deles. E você provavelmente não tem certeza se está fazendo tudo da maneira certa. Mas relaxa. Aqui vamos esclarecer as dúvidas mais comuns sobre o assunto com a ajuda de especialistas – e sem julgamentos, claro!

Independente da maneira que você escolheu para amamentar seu filho, deixe a culpa de lado e aproveite as dicas que reunimos para tornar esse momento ainda melhor.

Fórmula

“Comecei a complementar com fórmula e meu bebê não tem mamado bem no seio. Acho que ele não vai voltar para a amamentação exclusiva e me sinto culpada por isso”

Seu bebê pode ter dificuldade em pegar no seio por muitas razões – desde o formato do seu mamilo, um ligeiro nó na língua ou simplesmente desinteresse. “Apesar de eu ser médica e trabalhar ajudando pacientes a voltarem a amamentar seus bebês toda hora, eu não consegui fazer o mesmo com nenhum dos meus filhos”, diz Jessica Grant, pediatra em Nova York, nos Estados Unidos. Não se preocupe, continue tentando oferecer o peito para o seu filho e complemente com a fórmula se necessário.

Aleitamento materno

“Na consulta médica, o pediatra disse que meu bebê precisa ganhar mais peso e sugeriu que eu complemente com fórmula. Fiquei arrasada”

Primeiro de tudo, o mais importante é ter um bebê saudável e que você também seja saudável fisicamente e psicologicamente, então respire fundo nesses momentos. O que provavelmente está acontecendo é que ele não está mamando direito por algum motivo, o que pode resultar na diminuição do seu leite. Se o objetivo é continuar amamentando, você pode começar a bombear para estimular a produção de leite e procurar a ajuda de especialistas para ter certeza de que a pega está correta.

Essas são apenas algumas das muitas dúvidas que as mamães têm. O importante é seguir as orientações do seu pediatra, observar o bebê e ir relatando ao médico o que está acontecendo. As duas alimentações são essenciais em diferentes momentos da vida do bebê. É preciso achar o equilíbrio para encontrar o método correto para você e seu bebê. O fundamental é que ele esteja saudável!

Escrito por Telma Myrbach

Colunista de notícias e fatos sobre famosos, entretenimento e o que se relaciona à mulher e seus direitos e deveres, bem como maternidade