Novo raro vírus fatal está sendo transmitido de roedores para humanos na Bolívia

Tudo indica que o novo vírus está sendo transmitido por pequenos roedores para seres humanos e logo após se viralizando por fluidos corporais assim como a Covid

Tudo indica que o novo vírus está sendo transmitido por pequenos roedores para seres humanos e logo após se viralizando por fluidos corporais assim como a Covid.

O mesmo vírus classificado como raro dentre outros patógenos foi o motivo de surto no ano de 2004. Neste ano, pessoas começaram a morrer de forma exponencial.

Especialistas e pesquisadores norte americanos realizaram uma descoberta do novo vírus que pertence a mesma família de patógenos da “EBOLA”, os sintomas principais da doença é febre hemorrágica e ferimentos de escaries na pele.

Na audiência americana que ocorreu nesta semana foi posto na pauta que durante uma expedição de especialista no controle de doenças infecciosas dois profissionais foram infectados pelo vírus que morreram semanas depois com o paciente que estaria sendo tratado. Este fato foi no meado de 2019.

Neste ano o vírus voltou a ser diagnosticado no país com alto poder de infecção a larga escala, acredita-se que o controle interno do país (CDI) não obter medidas rigorosas o vírus pode viralizar.

Aqui no Brasil por sermos vizinhos ao país boliviano foi notificado pelos especialistas americanos que os sintomas da doença “rara” é facilmente confundida com dengue tipo 1.

Como febre, vermelhidões, amarelado nos olhos e dores no corpo são sintomas também desta doença rara, o certo a se fazer e que ao apresentar os sintomas comparecer ao hospital na ala de emergência e explicar sobre o ocorrido. No Brasil ainda não foi diagnosticado casos desta doença.

Escrito por Melissa Lopes

Trazendo "De tudo um pouco" por aqui. Relacionamento, notícias, curiosidades, receitinhas que amamos! Seja bem vindo!