Pastor é acusado de abusar de uma menina, ele usava o nome do ‘diabo’ para cometer o crime

A adolescente contou à polícia que foi abusada por diversas vezes, o pastor está sendo procurado.

Uma menina de 13 anos acusou um pastor de abusar dela por diversas vezes em Jaru, Rondônia, a vítima contou à polícia que o suspeito sempre usava o nome do ‘diabo’ para cometer os crimes e obrigá-la a não contar nada.

Segundo a Polícia Militar, o pai da adolescente ficou em estado de choque quando descobriu o que estava acontecendo, já que a filha era abusada com frequência pelo pastor que fugiu e agora está sendo procurado.

A menina contou que o pastor sempre dizia a ela que se não concordasse em ficar com ele, acabaria sendo levada pelo diabo para o inferno, deixando-a aterrorizada. Ainda de acordo com a vítima, os abusos foram várias vezes até chegar ao ponto que ela não aguentou mais e contou para os pais o que estava acontecendo.

Uma viatura da PM foi até a residência do pastor, mas o mesmo não se encontrava no local e os vizinhos não souberam dizer para onde ele foi. Os policiais encontraram duas meninas na casa do pastor, mas um homem teria assumido a responsabilidade por elas, mas o caso será investigado pela Polícia Civil.

Depois que o caso veio à tona, outra adolescente procurou a polícia e revelou que recentemente foi vítima do pastor, ela disse que a mãe do suspeito também chegou a ameaçá-la usando o discurso do diabo e por isso ela teve relações com o sujeito.

Segundo esta segunda vítima, pelo menos três vezes ela foi abusada pelo homem que agora está foragido. A polícia espera que denúncias anônimas possam ajudar na captura do suspeito.

 

Escrito por Russel Morais

Escrevo notícias sobre o mundo dos famosos, os últimos acontecimentos do Brasil e no mundo, além de curiosidades, dicas, economia, tecnologia.