Quem não usar máscara terá de cavar túmulos para as vítimas da Covid-19

A decisão foi tomada em Jacatar, na Indonésia, como uma forma de mostrar às pessoas que é preciso ficar atento ao item de proteção nesta pandemia.

Uma das principais formas de reduzir o contágio pelo novo coronavírus é manter a máscara de proteção social, independente se a pessoa está em um supermercado, transporte público e até mesmo nas ruas.

Mas em muitos países as pessoas não estão atendendo a determinação das autoridades e insistem em sair sem o item de proteção, por isso em Jacarta, na Indonésia, foi encontrada uma forma inusitada de mostrar que todos precisam fazer sua parte.

As pessoas que não estão usando máscara de proteção social são punidas com a tarefa de cavar túmulos para as vítimas fatais da Covid-19. Segundo o jornal Jakarta Post, quase dez pessoas já sofreram esta punição e assim a comunidade vai entendendo que para vencer a pandemia é preciso ter união.

As autoridades locais tomaram esta decisão após ficar constatado que era cada vez maior o número de pessoas sem a máscara nas ruas e nos estabelecimentos comerciais.

Mas as pessoas que sofrem a punição não têm contato com os corpos das pessoas que morreram em decorrência da Covid-19, a missão delas é apenas cavar os túmulos, depois disso são liberadas para que o sepultamento seja realizado por pessoas devidamente protegidas.

Essa determinação acabou dividindo a população, mas muitos acham que é válido, pois as pessoas ficam com medo da punição e passam a usar a máscara de proteção social, mesmo não gostando. Na Indonésia já foram registrados mais de 220 mil casos e milhares de pessoas morreram vítimas do novo coronavírus.

 

Escrito por Russel Morais

Escrevo notícias sobre o mundo dos famosos, os últimos acontecimentos do Brasil e no mundo, além de curiosidades, dicas, economia, tecnologia.