Silvio Santos se faz presente no velório de Gugu e linda homenagem é exibida ao vivo

O velório de Gugu Liberato está aberto ao público durante toda a quinta-feira (28).

 

A manhã de quinta-feira é de tristeza para os fãs de Gugu Liberato. O velório do apresentador vai começar em breve na Assembleia Legislativa. Ao meio-dia, o público terá acesso ao velório de um dos apresentadores mais queridos do Brasil.

Silvio Santos cancelou a gravação de seu programa no dia do velório de Augusto Liberato, o Gugu, nesta quinta-feira (28). O apresentador e dono do SBT é aguardado no velório de seu pupilo.

O velório na Assembleia Legislativa (Alesp) de São Paulo começou pouco antes das 11h. No primeiro momento, apenas amigos e familiares estão presentes no local.

A partir do meio-dia, o velório será aberto ao público. Muita gente se aglomera do lado de fora da Assembleia Legislativa e espera, embaixo da chuva que cai em alguns momentos, sobre a cidade de São Paulo.

Há expectativa de que Silvio Santos vá ao velório de Gugu. A informação ainda não foi confirmada. Mesmo sem estar no local, Silvio Santos se fez presente na Alesp.

O dono do SBT enviou uma coroa de flores em homenagem a Gugu. “Condolências de Silvio Santos”, diz a mensagem na coroa, que foi exibida ao vivo pela Record TV no programa Hoje em Dia.

O velório de Gugu terá duração de quase 24 horas e terminará apenas às 10h da sexta-feira. O enterro será realizado no Cemitério Gethsêmani, no Morumbi. O corpo será enterrado no jazigo da família, ao lado do pai de Gugu, que morreu há 10 anos.

Gugu morreu aos 60 anos, na última sexta-feira (22), após sofrer um grave acidente doméstico. Ele caiu de uma altura de quatro metros, ao pisar no piso de gesso do sótão de sua mansão, em Orlando, no estado da Flórida, nos Estados Unidos, quando tentava consertar o ar-condicionado.

A morte de um dos apresentadores mais queridos da TV brasileira causou comoção geral, entre anônimos e famosos.

O clima no local é de total comoção. João Augusto, filho mais velho de Gugu, chorou muito e ajudou a carregar o caixão do pai.

Fora da Assembleia, uma boa quantidade de pessoas faz fila para entrar no local e se despedir do apresentador que tanto emocionou o Brasil com seus programas no SBT, entre 1981 e 2009, e na Record TV, a partir de 2009.

Escrito por Redatora Rn

Escritora desde 2012, antenada nas redes sociais, por dentro das novidades. Sempre estudando e buscando o melhor para transmitir nas mídias.