Você lembra do bebê que nasceu sem parte do cérebro? Veja como ele está atualmente

A história desse bebezinho comoveu o mundo.

Você já ouviu falar a respeito do pequeno Jaxon Buell? Então, esse bebê ficou  conhecido nos quatros cantos do mundo em meados de 2015 quando os jornais notificaram sua história, a qual viralizou em todas as redes sociais.

Jaxon nasceu de parto normal em 2014, com  uma má formação no cérebro, essa peculiaridade o deixou com uma aparecia diferenciada, seu caso veio à tona quando completou um ano de idade.

Diagnosticado com microhidranencefalia, os médicos logo alertaram seus pais de que seu filho teria uma série de limitações, pois esta patologia,  que é uma condição rara que afeta a região cerebral e craniana, impede seu portador de realizar tarefas simples e rotineiras comuns a qualquer outro indivíduo, como por exemplo, comer, falar, e até mesmo se locomover.

Na ocasião, a mãe do bebê foi entrevistada e disse que a má formação foi percebida desde a gestação através dos exames de imagem, os médicos foram honestos e conversaram com ela e seu esposo, esclarecendo toda a situação.

Ela confessa que no primeiro momento entrou em desespero, foi orientada a fazer o aborto, mas assim que ouviu a palavra abortar, enxugou às lágrimas e disse não, ela conta que a partir daquele momento o amor por seu filho parece ter dobrado e decidiu levar a gestação até o fim.

Confira aqui abaixo,  como está o pequeno Jaxon atualmente:

Nesta outra imagem, ele está calmo e sereno, no colo de seu pai em um restaurante.

 

Ele é um verdadeiro milagre, sendo que segundo a medicina, ele só viveria poucos dias ou no máximo três semanas, mas ele está firma e forte aos 4 anos de idade.

Apesar de ser alertada de que seu filho pode não resistir por muito tempo, a jovem Brittany confessa que prefere não  pensar no amanhã, deixando o futuro nas mãos de Deus e assim, segue tentando viver um dia de cada vez.

 

 

Escrito por Redatora Rn

Escritora desde 2012, antenada nas redes sociais, por dentro das novidades. Sempre estudando e buscando o melhor para transmitir nas mídias.